O que é Marketing Humanizado? Como pensar em soluções para o meu negócio através disso?

Recentemente, publicamos em um outro artigo sobre o benefício da Humanização da sua comunicação nos e-mails e percebemos que, cada vez mais, empresas e pessoas se preocupam com a experiência que sua marca proporciona para um cliente ou potencial cliente. Mas, o que é Marketing Humanizado? Como pensar em soluções para o meu negócio através disso? Abordando um cenário geral, hoje vamos falar sobre os benefícios do Marketing Humanizado para a sua empresa.

O que é Marketing Humanizado?

Como o próprio nome já sugere, o Marketing Humanizado é responsável por humanizar processos e estabelecer uma conexão com os usuários. Através do fortalecimento do Marketing Digital no mercado, o Marketing Humanizado se tornou tendência quando as marcas buscaram meios de melhorar e aumentar a Humanização dos seus processos internos. 

Para especialistas como Liliane Ferrari, o Marketing Humanizado é uma tendência voltada para uma melhor compreensão do público alvo e é fundamentada em três pilares: Emoção, Empatia e Ética. Através da atenção voltada para os desejos e necessidades dos consumidores, você consegue transformar a sua forma de fazer marketing e aplicar estratégias que correspondam e sejam úteis para essas necessidades, é ai que os os benefícios do Marketing Humanizado começam a aparecer.

O foco não está só no produto, hoje ele também se tornou todo a experiência de compra do cliente. Os consumidores não querem apenas consumir, mas ter uma boa experiência em todo o processo de compra. Em outras palavras: o cliente não é considerado apenas um número, em vista disso, é preciso que exista uma conexão que reconhece uma dor, uma solução viável para um problema existente e uma relação que reforce essas verdades e acompanhe a evolução do comportamento do consumidor.

Qual a importância de uma comunicação Humanizada?

Um funil de vendas bem estruturado nunca foi tão importante, é através dele que o relacionamento com o cliente passa a ser focado em endereçar as necessidades reais, até porque, é através de um funil estrategicamente pensado que você pode entender em qual etapa seu produto ou serviço pode ser entregue para o cliente, ou então, em que momento deve-se otimizar algum processo ou até mesmo criar algo novo que integre a relação one-to-one, ou seja, levando em consideração preferências personalizadas para os clientes.

Acostumados com a rotina e processos internos nas nossas empresas, muitas vezes esquecemos de aprimorar esses pontos em busca de estreitar nosso relacionamento com o cliente, uma pessoa com vontades e sentimentos. É através dessa percepção que podemos ajudar nossos clientes a realmente resolver o seu problema e, além disso, criar uma conexão real que seja realmente proveitosa.

A interação física com o cliente é super importante para fortalecer uma ligação com a empresa, é através dessa conexão que o sentimento de fazer parte de algo ou apoiar uma causa ou movimento surge, bases sólidas para essa relação. Segundo dados divulgados em uma pesquisa realizada pela Retail Dive, 70% dos consumidores desejam uma interação humana. Deste grupo, 48% pautam que essa preferência se dá pelo fato dos atendimentos automáticos ou robôs não conseguirem ajudar suas reais dificuldades. 

Quando o assunto são robôs ou atendimentos automáticos, é importante voltar em um ponto ressaltado no início desse texto: ter um funil de vendas estruturado auxilia até nisso. Através dessa análise, é possível entender qual o melhor momento ou ponto do processo é possível inserir uma ferramenta adequada para otimizar ou resolver algo. Na mesma pesquisa mencionada anteriormente, 61% dos clientes afirmam que um atendimento personalizado, seja por mídias sociais, chat ou e-mail, é importante pra eles.

Por onde começar a implementar?

Agora que você conheça alguns benefícios do Marketing Humanizado, deve saber que não existe uma forma específica para implementar a prática aí na sua empresa, mas uma boa maneira de começar são com métodos que reforcem os três pilares mencionados por Liliane Ferrari (Emoção, Empatia e Ética) no início desse texto, é uma ótima maneira de começar a pensar em processos cada vez melhores para criar ou reestruturar essa relação. 

O Marketing Digital abre uma porta para centenas de outros universos. Que tal entender mais sobre possíveis funcionalidades, ferramentas e práticas que podem te ajudar neste caminho? Neste artigo, compartilhamos a visão do Mirko Mayeroff (à frente dos processos de integração de tecnologia, mídia e marketing) pautando sobre oportunidades no mercado digital

Facilitando o compartilhamento de conteúdo e a interação com seus clientes, as mídias sociais mudaram completamente a maneira de nos relacionar. Fique atento sobre o que as pessoas estão falando sobre você e ao que elas comentam na sua publicação. Ao invés de curtir um comentário, que tal responder mencionando a pessoa? Esse tipo de gesto faz toda a diferença! 

E que tal um Storytelling? Esta, certamente, é uma ótima maneira de humanizar a sua marca, já que a narrativa é completamente focada em envolver os clientes através das palavras e recursos visuais. 

Mantenha o engajamento no auge! É por isso que o modo descontraído de se relacionar com os clientes que grandes marcas fazem, como Netflix ou Burger King, é tão funcional. Está no DNA de cada uma dessas empresas que interagir com os clientes em seus próprios comentários e responder mencionando o arroba são questões básicas. Que tal apostar em mais soluções assim?

contato

Quer dar um twist no seu negócio? Entre em contato e a gente se encarrega de apresentar o projeto ideal para sua marca!