Mercado digital em tempos de covid-19

por Mirko Mayeroff
Sócio da Agência Zíriga

Quais são as oportunidades que aparecem no Mercado Digital em tempos de COVID-19?

Sem tráfego e vendas no mercado, migrar para o digital virou “a” oportunidade. Mas, qual o lado interessante que surgiu? Quais são as oportunidades que aparecem no Mercado digital em tempos de Covid-19?

Essa zona emergencial acabou fazendo com que a tecnologia e o digital fossem percebidos como aliados na luta pela sobrevivência de profissionais liberais, pequenos e grandes negócios e serviços em geral. Temos recebido muitas consultas, questionamentos emergenciais de alguns amigos, parceiros e clientes desesperados por dicas, informações e direcionamento digital. Por este motivo, resolvemos ajudar!

Gostaríamos que o momento fosse bem diferente, com tempo para planejar, construir estratégia e desenvolver aquilo que sempre acreditamos ser o melhor caminho. Mas a hora é de seguir adiante, com agilidade, parcerias e muita união. Para isso, tentamos ser claros e objetivos, trabalhando de forma integrada e promovendo sempre apoio a todo nosso time e aos envolvidos. Acabamos ampliando nosso leque de competências, já que tivemos que direcionar nosso olhar para novas habilidades, ferramentas e conexões.

Pensando em uma indicação de curso gratuito, que pode ajudar a aumentar o acesso ao mundo digital, lembramos do nosso parceiro, a Impacta. Com isso, surgem nossas dicas:

Primeira dica:

Quebre barreiras, aprenda algo novo, pergunte, veja tutoriais e aproveite todo dia para aprender algo novo que possa ajudá-lo a reformular seu caminho. As oportunidades que aparecem no Mercado digital em tempos de Covid-19 são imensas! Não tenha medo, preguiça ou preconceito, é o momento de ampliar seus horizontes.

Dentre toda a ajuda que temos prestado, identificamos dois perfis distintos: o profissional liberal e o autônomo, e os donos de pequenos e médios negócios. Vamos às dicas básicas para essa galera:

Profissional liberal e Autônomo

  • Planilhe todos seus contatos (nome, e-mail e telefone no mínimo);
  • Divulgue em toda sua comunicação e meios de contato, como celular e e-mail;
  • Se tiver tempo, facilidade e intimidade, faça o mesmo na redes sociais. Mas seja assertivo!;
  • Use muito o Whatsapp para comunicação profissional. Ganhe agilidade e oportunidades!;
  • Tenha em seu celular ou computador algum conteúdo salvo sobre seus produtos ou serviços. Com um conteúdo feito e salvo, você ganha agilidade para informar e distribuir sem perda de tempo;
  • Se tiver algo sobre você e seus produtos ou serviços na internet, salve os links e inclua na sua divulgação;
  • Sempre tenha links diretos sobre seus serviços para aquilo que é foco de interesse, aumente a sua aderência;
  • Distribua os links conforme for demandado, melhorando informação e credibilidade sobre o seu negócio;
  • Crie um processo de pagamento e tenha dados para depósito prontos para envio;
  • Pesquise que Marketplace pode ajudar a distribuir seus produtos ou serviços e quais plataformas de meios de pagamento podem ajudar seu negócio;
  • Acompanhe insistentemente os pagamentos efetivados.

Para quem tem restaurante ou bar, o Goomer é uma ótima opção! Na plataforma você consegue trabalhar o cadastro grátis de seu cardápio e passar a trabalhar o delivery de forma rápida e direta. Outra iniciativa bacana é a do site de Londrina, o Carrinho Cheio, que permite cadastrar 5 produtos de forma gratuita e faz toda a parte de veiculação e venda desses produtos.

Pequenos e médios negócios

  • Liste os links diretos (deep link) de seus produtos;
  • Cadastre seu negócio no Google Meu Negócio ou o uso da plataforma Nerdmonster;
  • Use redes sociais (Facebook, Linkedin, Instagram), para avaliar o conhecimento e disponibilidade do mercado;
  • Se pensar em investir, invista em mídia geolocalizada, isso garante o aumento da assertividade;
  • Pensar no uso do Whatsapp Busines por loja, para cada vendedor, pulverizando atendimento;
  • No caso de restaurantes e bares, pensar aplicativos de delivery;
  • No caso de restaurantes e bares, perguntar o aplicativo de preferência e enviar link de pagamento.

O Google Meu Negócio é uma ferramenta gratuita e fácil de usar, ela possibilita que empresas e organizações gerenciem a sua presença on-line no Google, inclusive na Pesquisa e no Maps. Ao verificar e editar as informações comerciais, você ajuda os clientes a encontrarem sua empresa. Já o Nerdmonster é uma plataforma que faz seu negócio ser reconhecido e divulgado em todos os sites, apps, mapas e diretórios mais importantes, tornando você, seu escritório ou loja a grande referência em atendimento de sua região.

O que são marketplaces e facilitadores?

Aprofundando a questão, falando para aqueles que querem ir além do básico, nossas recomendações passam pelos marketplaces e facilitadores de mercado digital. Entre os facilitadores, o Olist acaba funcionando como uma loja de departamentos dentro dos marketplaces, e é um grande descomplicador para qualquer lojista, online ou offline, que deseja vender nos principais marketplaces do Brasil ou busca alternativas para aumentar as vendas. Outro grande facilitador e incentivador de empreendedorismo é a MarketUP, uma plataforma completa e gratuita para empresas que querem ser destaque no mercado digital, permitindo administrar de forma eficiente seu negócio, trazendo organização, controle e tempo. Tudo por meio criação de loja virtual, controle de estoque, vendas e financeiro e PDV.

Já os marketplaces funcionam como uma plataforma mediada por uma empresa, onde fornecedores, principalmente online, se inscrevem para vender seus produtos pagando comissão. Os marketplaces podem ser generalistas, de nicho ou de serviços. Abaixo, conheça algumas deles: 

Generalistas:

Nichos: 

O que são programas de Afiliados?

O Hotmart é uma alternativa para venda de infoprodutos (conteúdo). A plataforma é um programa de afiliados, usado para vender cursos e conteúdo em geral, a ideia aqui é vender o “como fazer”, tutoriais para pintar cabelo, fazer unhas, cuidar da pele, emagrecer. Enfim, produção e venda de conteúdo explicando e ensinando como se faz alguma coisa.

As dicas acima podem ser implementadas sempre trabalhando a venda por comissionamento, percentual da venda ou CPA – custo por aquisição. E nesse sentido, ações relacionadas a programas de afiliação para produtos físicos são absurdamente válidas, pois são mais uma forma de aumentar sua força de vendas no mundo virtual. Alguns dos principais programas de afiliação, entre vários existente, são a Lomadee, Afilio e Awin.

Aprofundando um pouco mais desse sistema de afiliação, ele possibilita que pessoas comuns ganhem comissões em decorrência da venda de algum produto de uma empresa qualquer. Ou seja, você se afilia a um determinado produto ou empresa e começa a divulgá-lo, se conseguir alguma venda, você consegue sua comissão. Ganha quem vende e ganha quem anuncia o produto. Mais uma oportunidade para fazer “grana” nesse mercado digital

Quer saber mais?

As oportunidades que aparecem no Mercado Digital em tempos de Covid-19 são imensas se pararmos para analisar todo o cenário ao qual somos inseridos, principalmente, como sociedade. Cada um dos pontos abordados aqui fazem parte das estratégias que elaboramos para os nossos clientes e parceiros e debatemos alguns pontos em uma entrevista para Juliana Munaro, repórter da Pequenas Empresas & Grandes Negócios, acesse a entrevista para ter acesso ao bate papo completo.

*Mirko Mayeroff é sócio fundador da Agência Zíriga e está à frente dos processos de integração de tecnologia, mídia e marketing.

Entre em contato conosco para esclarecer suas dúvidas e não perca a oportunidade de alavancar sua marca com um time completamente dedicado à você.