No momento de fazer uma apresentação de um negócio ou de um projeto, é preciso ser cada vez mais ágil para encantar e chamar a atenção do público. Por isso, o elevator pitch é uma ideia que tem transformado as apresentações em algo mais dinâmico e interessante. Confira como essa ferramenta pode ajudar você a inovar nas apresentações.

O que é o elevator pitch?

O elevator pitch é um termo bem famoso. Do inglês, ele significa uma “conversa de elevador”, e remete a ideia de que você tem apenas o tempo de uma viagem de elevador para fazer a apresentação do seu produto, serviço ou ideia. Ou seja, é algo que precisa ser bem rápido, destacando todos os pontos importantes, enquanto prende a atenção do público.

Essa opção é bem útil, mesmo fora de um elevador. Pense em uma apresentação, em quanto tempo leva para ela ser concluída, com os inúmeros slides e dados que corroboram e contextualizam a situação, para ilustrar que a sua solução é uma resposta viável para um problema ou um desejo bem comum.

O elevator pitch é uma inovação nas apresentações por permitir que todos esses objetivos sejam conquistados, mas de uma maneira mais simples e direta, que não cansa quem está vendo.

Como fazer um bom elevator pitch?

Nada melhor do que empregar um elevator pitch, para ilustrar como fazer um bom elevator pitch.

1 – Estabeleça o problema, de preferência com alguma situação que seja fácil de se identificar

Imagine que você está fazendo a apresentação de um produto, e tem muitas coisas a falar sobre ele, mas não tem como fazer isso em pouco tempo. Já aconteceu com você?

2 – Mostre como o problema é grande e mais comum do que parece

Muitas empresas, empreendedores e funcionários, que buscam financiamento para o seu projeto tem dificuldade em recolher os recursos.

Evidentemente, não é porque a ideia é ruim, mas simplesmente por não saber uma forma eficiente de apresentá-lo aos possíveis investidores. Por isso, muitos negócios são perdidos a cada dia simplesmente por uma falha na apresentação.

3 – Mostre como podem surgir problemas se a situação persistir

Sem uma forma eficiente de fazer apresentação, vai ser cada vez mais difícil chamar a atenção de investidores e defensores do seu projeto.

A competitividade financeira e, especialmente, de tempo é muito grande, e a maioria dos gestores e, principalmente investidores, não tem muito tempo para ver uma apresentação. Pelo contrário. Eles inclusive irão admirar a velocidade com a qual você apresenta o problema e a solução.

Falando nisso…

4 – Apresente a solução

Com o elevator pitch, você tem uma forma de fazer uma apresentação mais rápida, cativante e eficiente, para chamar a atenção do seu investidor o mais rápido possível. Poucos slides ou apenas uma conversa, com informação direta e uma história cativante.

5 – Mostre como o problema fica após a sua solução

Uma vez que você implemente o elevator pitch nas suas apresentações, você tem tudo o que precisa para chamar atenção do investidor e convidá-lo para uma apresentação mais completa, ou para uma amostra do seu MVP. Com o pitch bem-feito, ele tem muito mais chance de se interessar e seu projeto inovador de sair do papel.