Alcançar o sucesso sempre foi o objetivo da maioria das pessoas, principalmente no ambiente corporativo, onde a necessidade de expandir e inovar é de extrema importância. Muitas vezes, o trabalho em equipe esbarra em dificuldades em se ter um mesmo padrão de ideias, de objetivos e metas que norteiem um projeto ou uma ação específica, o que acaba interferindo nas estratégias e na convivência.

Manter um grupo de trabalho, independentemente de sua finalidade, alinhado psicologicamente e ideologicamente, não é uma tarefa tão simples. Cada indivíduo possui sua individualidade, tem seus objetivos pessoais, seus hábitos e metas específicas, o que acaba influenciando no alcance dos objetivos gerais do grupo ou da empresa. E isso não se aplica apenas ao ambiente corporativo.

Visando criar uma melhor harmonia de ideias para o atingimento de metas, o conceito de Mastermind Group nos Estados Unidos na época da sua independência como oposição a ideia europeia de que somente nobres poderiam ser bem-sucedidos. Porém, o conceito também chamado de Mente Aberta, teve sua disseminação reforçada por Napoleon Hill, autor da Lei do Triunfo e de Pense e Enriqueça. Em 1928 ele cita nas suas Leis do Sucesso, qual é a importância do Mastermind Group para diferentes finalidades.

O que é Mastermind Group?

Na prática, esse conceito trabalha com duas ou mais pessoas, que formam um grupo, que se juntam regularmente para trabalhar ideias comuns e que, em harmonia, traçam como alcançar tais objetivos e metas. As regras são simples: ter encontros regulares, ter os mesmos objetivos, manter a harmonia entre os debates, estimular o compartilhamento e aceitação de ideias e colocar em prática ações em conjunto.

Dessa forma, esse conceito pode ser aplicado em diferentes tipos e finalidades de grupos, ou seja, qualquer pessoa com um objetivo, pode juntar-se a outras com o mesmo objetivo para unir forças e torná-lo realidade. No ambiente corporativo, onde a necessidade de alinhamento de ideias, objetivos e metas é ainda mais necessário, esse conceito foi muito bem aceito e incorporado pelos empresários, gestores e colaboradores que entenderam a grande importância do Mastermind Group.

Peter Drucker, considerado o pai da administração moderna, foi um dos primeiros adeptos desta ideia no meio corporativo, o que afirma a eficácia do método e que as empresas conseguem desenvolver a Mente Mestra em torno de um mesmo fim. Dessa forma, cria-se uma espécie de mente superior, grupo de trabalho, unida de forma inteligente para alcançar resultados.

Dependendo dos resultados a serem alcançados e o perfil dos funcionários, são selecionadas pessoas interessadas em participar do grupo para compô-lo. É preciso ter comprometimento e estar aberto a compartilhamento de ideias. O propósito dos integrantes deve ser o mesmo, a fim de que as metas sejam alcançadas.

Como acontece?

Na prática, as reuniões ou encontros de Master Mind, podem acontecer diariamente, semanalmente ou mensalmente. O ideal é que esse grupo seja formado por poucas pessoas para que o relacionamento entre elas seja mais eficaz e fácil de ser construído e mantido ao longo das reuniões. Evita-se também, a troca de participantes para que haja homogeneidade e continuidade de ideias e ações.