Todos sabemos que a internet trabalha com força o poder de decisão das pessoas, e isso vem passando da barreira de compra de produtos. Nas últimas semanas, muito se falou sobre o programa MasterChef ProfissionaisO programa já está em sua reta final, que será exibida nesta terça-feira, a partir das 22h30min, na Band, mas os participantes (Marcelo e Dayse) já têm torcida e dado o que falar há muito tempo.

O machismo na cozinha profissional foi um tema recorrente na versão atual do MasterChefPriscylla Luswarghi já havia reclamado dessa situação em uma das provas, e com frequência, a apresentadora Ana Paula Padrão conversa com as mulheres eliminadas sobre esse tema.

Entre os seis finalistas que participaram do episódio desta terça-feira, apenas dois eram mulheres. E foram justamente elas, especialmente Dayse Paparoto, que estiveram em evidência.

Infelizmente, por um aspecto negativo.

O Poder da Internet

Hoje, na internet, Dayse Paparoto é definitivamente a favorita. Através da hashtag #FicaDayse, o público demonstra toda a sua admiração pela paulista de 31 anos, que, além de talentosa é muito criativa na cozinha.

https://twitter.com/luizaflavia/status/801238515270975490?ref_src=twsrc%5Etfw

O caso vale a reflexão para nos atentarmos as movimentações na internet.

A internet não deixa passar mais nada, e nós comunicólogos, temos a obrigação de nos atentarmos a esses movimentos sociais, como o feminismo, e dobrarmos o cuidado com a comunicação. Pois como podemos observar, uma situação que antes passava batido, hoje causa alarde e tem o poder de mudar a decisão das pessoas.

Na final de hoje, a disputa se modificou, e além (E até mais) de avaliar os pratos dos candidatos, as pessoas absorveram a causa e levaram seus objetivos pessoais para dentro da disputa.

Não sabemos quem vai ganhar, mas podemos concluir que hoje as pessoas andam cada vez mais refinando seus gostos e nada mais passa batido. As decisões são tomadas em massa, e nós, como mídia, devemos ficar atentos aos chamados “Digital Influencers”, pois no final das contas, quem dita as regras hoje, são eles.