Na era dos dados, a capacidade de gerar informação se transformou em um diferencial competitivo das empresas. No entanto, o que determina esse diferencial não é exatamente a quantidade de dados, mas sim como eles são geridos. Para pequenas e médias empresas, este é um desafio ainda maior. É neste contexto, que o Business Intelligence (BI) se tornou indispensável no mundo dos negócios.

O BI, ou Inteligência de Mercado, é um conjunto de tecnologias e técnicas que possibilita que todos esses dados sejam aferidos em uma única fonte, facilitando a tomada de decisão dos respectivos gestores. Para entender mais sobre esse conceito e principalmente como ele pode ser aplicado na sua empresa, continue a leitura do artigo.

Conceito de Business Intelligence

O Business Intelligence é um conceito recente, mas pode ser definido como um método tecnológico que abrange a coleta, organização, análise, compartilhamento e monitoramento dos dados gerados por uma empresa.

As empresas lidam rotineiramente com dados não-íntegros, que necessitam de interpretação para que o gestor tome as decisões mais pertinentes para o negócio. Quando essa decisão é tomada de maneira empírica, ela está sujeita a incoerências.

Um exemplo, se a sua empresa ainda utiliza planilhas de Excel para a organização de dados, é provável que cada setor faça a sua coleta, o que pode gerar informações que não são confiáveis. Uma plataforma de BI é capaz de absorver dados de diversas áreas e concentrá-las em um único sistema, possibilitando um crescimento estratégico e ordenado. E isto não é privilégio das grandes corporações.

Benefícios do BI

Como supracitado, um dos principais benefícios do BI é a integração de diferentes fontes de dados. Essa correlação é imprescindível para que a tomada de decisão dentro do seu negócio seja sempre assertiva. Assim, o “achismo” nas decisões fica de lado e você consegue avaliar de forma clara e concisa qual o próximo passo a ser adotado.

Desta maneira, o BI também proporciona simplicidade na gessoftão dos dados. Muitos softwares disponíveis no mercado são personalizados, o que pode sobrecarregar uma equipe que não tenha recursos para administrar todas essas ferramentas.

Além disso, uma ferramenta de BI também gera automaticamente relatórios precisos com agilidade, de forma que o gestor não precise consumir tanto tempo no gerenciamento dos dados.

Aplicação do Business Intelligence nas empresas

Vamos à prática. A aplicação do Business Intelligence na sua empresa parte inicialmente, de uma análise das necessidades do seu negócio, que dependem de seu porte, persona, tamanho da equipe, entre outros aspectos relevantes. A partir dessa análise, você consegue descobrir quais indicadores-chave a sua plataforma de BI deve analisar, além das outras funcionalidades pertinentes.

Em seguida, você deve analisar como a ferramenta de BI pode ser integrada com os sistemas que você já possui. Por fim, é necessário estimar um tempo para que a solução seja, de fato, implementada na sua empresa. Respeitando essas etapas, sua empresa será plenamente capaz de distribuir tarefas com melhor critério e possibilitar a informação que você precisa na tomada de cada decisão estratégica.

Gostou das dicas? Para mais artigos sobre tecnologia e transformação digital, acesse a nossa home e saiba mais!